Ações ABDI

Página Inicial > Notícias

Voltar

ABDI Na mídia Newsletters

Programa Brasil Mais Produtivo melhora a eficiência das indústrias em 52,68%

A ABDI divulgou o resultado de outubro do programa

Brasília, 10 de novembro de 2017 – Até o fim de outubro 2.184 indústrias tiveram o atendimento concluído pelo programa, registrando um aumento de eficiência em suas linhas de produção de 52,68%. Os dados são do último relatório sobre o B+P divulgado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) nesta sexta-feira (10).

O resultado é conquistado depois de um trabalho de consultoria. Um dos principais problemas atacado é o retrabalho. Neste quesito, houve uma redução de média de 61,95%. A maioria das empresas atendidas é a de pequeno porte, foram 1.164. De médio porte, foram 819. A lista encerra com 103 microempresas e 98 de grande porte. Quatro ramos da indústria são beneficiados: vestuário e calçados, alimentos e bebidas, metalomecânico e moveleiro.

A região do país em que as empresas registram melhor desempenho foi no Norte, com 60,22% de melhora. O Centro Oeste aparece em segundo lugar (59,52%), seguido por Sudeste (55,09%), Nordeste (49,12) e Sul (46,64%).

Para participar do programa, as empresas fazem a adesão junto ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. A contrapartida da empresa é de R$3 mil e o governo agrega ao valor R$15 mil, verba que é aplicada em capacitação feita pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). As participantes demoram em média 21 dias para ter o retorno do dinheiro investido. O total do investimento (R$18 mil) retorna em 4 meses e meio. A meta inicial da iniciativa previa um aumento de produtividade de 20%. O Brasil Mais Produtivo é um programa do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços realizado pela ABDI, Senai e Apex Brasil.