Ações ABDI

Página Inicial > Notícias

Voltar

ABDI Na mídia Newsletters

Congresso Indústria 4.0 reforça a imagem da ABDI no exterior

São Paulo, 7 de dezembro de 2017 - O 1º Congresso Brasileiro de Indústria 4.0 teve como objetivo, além de discutir o tema e os impactos da nova revolução industrial, criar parcerias internacionais concretas no campo da indústria.

Na última terça-feira (5), durante o evento, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), representada pelo presidente Guto Ferreira, assinou um memorando de entendimento com o Israel Advanced Technology Industries (IATI,) representado pela presidente Karin Rubinstein (leia mais sobre esta parceria aqui).

Leonardo Reisman, assessor especial de assuntos internacionais da Agência, explica a importância desta assinatura. “Israel é um país extremamente empreendedor. Principalmente para o Programa Nacional Conexão Startup Indústria, é uma oportunidade imensa não só de fazer matchmaking, como de trocar tecnologia e abrir o mercado para as startups brasileiras”, analisou.

Além de Israel, a ABDI estreitou os laços com países importantes no segmento industrial, como Alemanha, Inglaterra e Japão, que sinalizaram o interesse em conversar com a Agência para futuros projetos.

Parceria consolidada - Outro país que participou do Congresso foi a Coréia do Sul, representada pelo presidente da Korea Institute for Industrial Economics and Trades (Kiet), Byoung Gyu Yu.

O instituto coreano já possui uma relação internacional firmada com a ABDI. “Existe uma parceria mais macro, que é a política industrial. A Coréia (do Sul) é um exemplo de país que cresceu muito nos últimos anos e possui grandes campeões industriais. Esse acordo é mais focado nessa troca de experiências em como desenhar e estruturar essas políticas”, apontou Reisman.

Hub europeu - Outra parceria firmada pela ABDI recentemente foi com a Hungarian National Trade House, da Hungria. A gerente de Inovação da Agência, Elisa Carlos, foi recentemente ao país participar de um fórum que discutiu investimentos na América do Sul. “Eles já mapearam alguns setores que têm interesse em trabalhar no mercado brasileiro e vice-versa”, disse o assessor de assuntos internacionais da ABDI, salientando que é uma parceria similar à de Israel.

OCDE e a produtividade - Por fim, outra importante parceria internacional firmada recentemente pela ABDI foi com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A Agência, via Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, vai participar do comitê gestor que discute produtividade no mundo. “É um grupo que discute o tema em alto nível. A partir de 2018 vamos participar dos debates. Vai ser uma boa oportunidade de exposição para o país e de ter acesso a políticas públicas deste segmento”, finalizou Reisman.