Ações ABDI

Página Inicial > Notícias

Voltar

ABDI Na mídia Newsletters

Indústria da Defesa tem história contada pela Turma da Mônica

O lançamento do almanaque é uma parceria da ABDI, MDIC e Ministério da Defesa

Brasília, 16 de maio de 2018 - Nesta quarta-feira (16), foi lançado o almanaque “Turma da Mônica e a Indústria da Defesa” em Brasília. Mônica, cebolinha e companhia conhecem a marinha, aeronáutica e exército em uma trama envolvendo mar, terra e ar. A história em quadrinho é uma parceria entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e o Ministério da Defesa.

Durante a cerimônia de lançamento, o presidente da ABDI, Guto Ferreira, lembrou que muitas das inovações que chegam à sociedade têm origem nas Forças Armadas. “É importante que os jovens fiquem conhecendo a indústria da defesa, ela usa muita tecnologia como drones e satélites. A forma mais eficaz de alcançar essa criança é por meio de pessoas que elas admirem como o criador da Turma da Mônica - Maurício de Sousa”. Ferreira ainda explicou que em um primeiro momento os gibis serão distribuídos nos colégios militares. “Como cada revista passa por pelos menos quatro crianças, esperamos que a primeira edição atinja até 400 mil jovens”.

O cartunista e empresário Mauricio de Souza disse, durante o lançamento, que explicar para as crianças assuntos mais complexos é parte importante do trabalho com a Turma da Mônica. “É interessante passar para o jovem assuntos não tão comuns, como a indústria da defesa. Temos muita coisa boa para falar sobre o trabalho de brasilidade que se faz através das Forças Armadas”. O Ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, corroborou. “Quando falamos para as crianças e adolescentes estamos saneando o futuro”, disse.  

Já o Ministro da Industria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima, aproveitou o evento para lembrar a importância do setor de defesa para as fábricas brasileiras. “Gera impacto nas nossas exportações, com produtos de alto valor agregado. Então, temos a preocupação de explicar para as nossas crianças, de forma lúdica, a importância desta parcela da indústria”, destacou.

Em um primeiro momento, foram produzidos 200 mil exemplares para serem distribuídos em colégios militares. O direito de imagem dos personagens foi totalmente cedido pela Mauricio de Sousa Produções.