Ações ABDI

Página Inicial > Notícias

Voltar

ABDI Na mídia Newsletters

Acordo Boeing-Embraer estimula fornecedores nacionais a se prepararem para mercado global, diz ABDI

Programa de Desenvolvimento da Cadeia Aeronáutica (PDCA) trabalha melhorias em produtividade e inovação no setor
 
A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Embraer estão trabalhando no lançamento da nova fase do Programa de Desenvolvimento da Cadeia Aeronáutica (PDCA). O acordo anunciado nesta quinta-feira (5) entre a Boeing e empresa brasileira reforça a necessidade de qualificação de toda a cadeia de fornecedores da Embraer, diante do desafio de participar do mercado global de aviação.
 
“A ABDI, que já trabalha em parceria com a Embraer, entende que o acordo é uma oportunidade para o fortalecimento da cadeia de fornecedores, posicionando as nossas empresas de forma mais competitiva no mercado global”, diz o presidente da ABDI, Guto Ferreira.

Entre 2014 e 2017, o PDCA contribuiu para o desenvolvimento de melhorias nas empresas participantes da cadeia de fornecedores da Embraer, impactando na produtividade e na inovação de processos e produtos. No período do programa, o número de partnumbers (partes e peças) produzidas no Brasil passou de 43 mil para 68 mil, reduzindo a dependência de importações. Da mesma forma, houve aumento no faturamento da cadeia, passando de R$ 303 milhões, em 2013, para R$ 402 milhões no ano passado.

A ABDI entende que, com a criação da joint venture entre Boeing e Embraer, a cadeia aeronáutica nacional precisa estar preparada para novos desafios tecnológicos. A nova fase do PDCA, que está sendo trabalhada, deve levar em conta o novo cenário.

-------

Assessoria de Comunicação
imprensa@abdi.com.br
61 3962-8700 / 8509