ENCONTRE AQUI

ABDI e PTI podem expandir ambientes para testar tecnologias

ABDI, PTI e Receita Federal devem assinar parceria para uso de IoT com foco em segurança pública

CCOM | 26/11/2019

Os mais de 50 municípios da região oeste do Paraná podem ser ambientes reais para testes de tecnologias de cidades inteligentes validadas no Living Lab criado, no início de 2019, em Foz do Iguaçu (PR), pela parceria entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

Segundo o Diretor-Geral brasileiro de Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, a região, formada por cerca de 1,5 milhão de habitantes, tem todo o interesse, capital intelectual e governabilidade. “Em cada uma delas, cabe uma cidade inteligente”, disse, ao tratar sobre a possibilidade de que a parceria ABDI e PTI avance com experimentações do Living Lab para a região.

“A ABDI tem todo o interesse em continuar a parceria e fazer a conexão das tecnologias para o processo de melhoria do bem-estar social”, disse o presidente da ABDI, Igor Calvet, durante reunião em Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu.

Segundo Igor, é preciso que as tecnologias testadas no laboratório também se espalhem para o setor privado. “Nosso desafio é fazer com que as tecnologias e inovações, em todas as áreas, transbordem para as empresas para aumentar a produtividade delas”, disse, sugerindo que as empresas sejam convidadas a participar dos ambientes reais de experimentação das inovações.

“Uma das coisas que queremos é atrair empresas para dentro do parque. Acho que temos potencial muito grande para crescer e avançar”, afirmou o diretor superintendente do PTI, general Eduardo Castanheira Garrido Alves.

Em Foz do Iguaçu, o presidente da ABDI visitou as instalações da Alfândega da Receita Federal na Ponte de Amizade e os locais onde serão instaladas as soluções tecnológicas de Cidades Inteligentes com foco em segurança pública. Nos próximos dias, assinará acordo de cooperação com a Receita Federal, para dar início ao projeto.

Amanhã, Igor, acompanhado da diretora interina de Desenvolvimento Produtivo e Tecnológico da ABDI, Cynthia Mattos, farão uma visita técnica à Itaipu Binacional e às instalações da usina, além de conhecer a Planta Piloto Biogás, que fica ao lado do Parque Tecnológico Itaipu. E, em seguida, visita o Living Lab para Cidades Inteligentes.

Living Lab

Os Living Lab’s são laboratórios para demonstração e avaliação de soluções de IoT para Cidades Inteligentes. Em janeiro de 2019, foi inaugurado o Living Lab de Cidades Inteligentes, a partir de parceria entre ABDI e PTI, com o objetivo de atuar como um ambiente de demonstração de tecnologias para cidades inteligentes; ser um local de realização de testes com foco em usabilidade, interoperabilidade e cibersegurança; e ser um ambiente de desenvolvimento de novas tecnologias para atender as demandas municipais.

As tecnologias demonstradas, testadas e validadas no Living Lab passaram a ser usadas em ambientes reais. O primeiro exemplo é o programa de compartilhamento de carros elétricos no Distrito Federal batizado de VEM DF, anunciado em outubro de 2019. O segundo é o da Ponte da Amizade.

O projeto na Ponte da Amizade vai promover o uso de tecnologias IoT de inteligência artificial com foco em segurança pública. A iniciativa visa difundir e promover a adoção destas soluções tecnológicas por entes públicos e privados de modo a fomentar a cadeia produtiva associada, além de gerar mais efetividade no controle de entrada e saída de pessoas, mercadorias e veículos na Aduana.