ENCONTRE AQUI

Inscrições para o Jornada Amazônia 4.0 vão até dia 16 de abril

Empresas do Polo Industrial de Manaus podem se inscrever até o dia 16 de abril. Projeto tem apoio da Suframa, FIEAM e CIEAM

CCOM | 31/03/2021

As inscrições do Jornada Amazônia 4.0 vão até o dia 16 de abril. Não perca! O Edital Jornada Amazônia 4.0, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), vai selecionar 20 empresas do Polo Industrial de Manaus para projeto-piloto de adoção de tecnologias da Quarta Revolução Industrial. As empresas poderão se inscrever clicando aqui. Também poderão tirar suas dúvidas pelo e-mail amazonia40@abdi.com.br, além de conferir o edital acessando a aba transparência do site da ABDI. Fique por dentro do FAQ ao fim da matéria.

O investimento do projeto é de R$ 3 milhões e o objetivo é promover o aumento da eficiência, da produtividade e da qualidade dos produtos, e a redução de custos de produção. O edital vai selecionar 20 empresas dos setores de plásticos, eletroeletrônicos e metalomecânico. A iniciativa conta com o apoio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEAM) e da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (SEPEC), do Ministério da Economia.

O Edital Jornada Amazônia 4.0 foi lançado em webinar, ocorrido nesta quarta-feira (dia 31), e transmitidos pelos perfis de YouTube da ABDI, da Suframa e da FIEAM. “Estamos contentes em poder contribuir com o crescimento da região a partir da difusão de tecnologias. O projeto vai impulsionar a nossa indústria em um outro patamar de produtividade, não só em Manaus, mas no Brasil”, disse o presidente da ABDI, Igor Calvet, na abertura do webinar.

“Queria destacar a importância da colaboração entre os atores envolvidos, como exemplo de articulação entre o público e o privado, para potencializar os ganhos para as empresas e para a sociedade”, afirmou a subsecretária de Supervisão e Estratégia da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC/ME), Luiza Deusdará, durante o webinar.

O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, que também participou do evento online, ressaltou a importância da parceria com a ABDI e os demais atores. “Temos que reforçar sempre o Polo Industrial e o projeto está coerente com esse esforço. Vamos melhorar a qualificação dos trabalhadores e os nossos rendimentos.  Estamos buscando irradiar o desenvolvimento do Polo Industrial para toda Amazônia ocidental, Santana e Macapá que é a área de responsabilidade da SUFRAMA”, disse

Segundo o presidente da CIEAM, Wilson Périco, “nós sabemos que a quarta revolução industrial vai trazer cada vez menos dependência de mão de obra. Nós temos que ter um olhar holístico para capacitar as pessoas e poder ocupar a mão de obra em outras atividades”.

O gerente da Unidade de Difusão de Tecnologias da ABDI, Bruno Jorge, explicou que o programa surgiu de uma estratégia da ABDI de levar tecnologias 4.0 para as indústrias, para o setor produtivo, para os serviços e para toda a economia. “A intenção é irradiar, escalar os resultados para o resto do país”, afirmou. 

Jornada Amazônia 4.0

A primeira fase do programa é a seleção de 20 empresas, localizadas na área de abrangência do Polo Industrial de Manaus, de médio porte, das áreas de plásticos, eletroeletrônicos e metalomecânico. 

A segunda fase será a realização do Estudo de Prontidão Tecnológica e a Jornada Amazônia 4.0 com a elaboração de análise da maturidade tecnológica, capacitação dos colaboradores em tecnologias 4.0, testbed (plataforma virtual) na empresa, em alinhamento com os princípios da Indústria 4.0. 

Os produtos previstos, por empresa, são: 
•    Relatório de Prontidão Tecnológica; 
•    Roadmap (plano de ação) de transformação digital e atualização tecnológica com metas de ganhos de produtividade;  
•    Treinamento das empresas e qualificação de colaboradores no conceito 4.0; 
•    Implantação de pilotos da indústria 4.0; 
•    Monitoramento e avaliação dos resultados obtidos na realização do projeto piloto em 20 empresas.

Os resultados potenciais esperados do processo de transformação digital são ganhos de capacidade produtiva; redução no custo de operação; aumento da visibilidade da cadeia logística e ganhos de eficiência.

Perguntas Frequentes

1.    Quem pode se candidatar?

Poderão se candidatar empresas de médio e médio grande porte que sejam dos setores produtivos de metalomecânico, de produtos de material plástico e de eletroeletrônico que estejam localizadas no Polo Industrial de Manaus.

2.    Qual faturamento deve ser considerado, caso a empresa seja uma filial?

O faturamento a ser considerado deverá ser o relacionado com o CNPJ pelo qual a empresa responde no Polo Industrial de Manaus.

3.    Quais CNAES são elegíveis para participar da seleção das empresas?

São elegíveis para participar da seleção de empresas somente empresas com CNAES 

22.2 - Fabricação de produtos de material plástico
24  - Metalurgia
25 – Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos
26 – Fabricação de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos 


4.    Quais são as etapas do edital?

?    Etapa I - Inscrição de projetos: o edital com os critérios de elegibilidade  e critérios técnicos está no site da ABDI, acesso pelo link www.abdi.com.br/transparencia, na opção Aquisição de Bens e Serviços, Chamamento Público nº 001/2021. O cadastramento da empresa deverá ser realizado com o preenchimento do formulário que está no link http://amazonia40.abdi.com.br. 
Ao enviar o formulário para a nossa base de dados, um link será encaminhado para ser realizado o upload dos documentos comprobatórios, as fotos e diagramas solicitados nos critérios técnicos.  Ressaltamos que só após o envio dos documentos a inscrição estará realizada.
?    Etapa II - Seleção das empresas: a seleção das empresas será realizada de acordo com os critérios do edital e por meio de uma banca de avaliação constituída por especialistas em tecnologias 4.0.
?    Etapa III - Realização do Estudo de Prontidão Tecnológica e a execução da Jornada Amazônia 4.0: Pesquisa de Prontidão Tecnológica,  Roadmap de transformação digital e atualização tecnológica com metas de ganhos de produtividade, Treinamento das empresas e qualificação de colaboradores no conceito 4.0, Implantação de projetos pilotos da indústria 4.0, Jornada de Transformação  Monitoramento e Avaliação dos resultados obtidos na realização do projeto piloto.

5.    Qual é a vantagem para minha empresa de participar deste Edital?

Ao participar da consultoria especializada da ABDI, sua empresa será avaliada quanto ao grau de maturidade do seu negócio, e, em seguida, terá um plano de digitalização, treinamento nas tecnologias apontadas no diagnóstico de maturidade e acesso a equipamentos necessários para a realização do projeto piloto das tecnologias 4.0 na empresa.

A ABDI tem como estratégia a difusão e adoção de tecnologias 4.0 para o aumento da produtividade e redução dos custos. Por este motivo estamos patrocinando esta ação nas empresas do Polo Industrial de Manaus.     

6.    Haverá exigência de contrapartida financeira para a empresa ?
Não.

7.    Quais são os prazos de cada etapa do edital?

Foi elaborada uma proposta de cronograma no edital. A expectativa é que o projeto seja iniciado em  25 de maio de 2021,  e tenha a duração na empresa de 13 meses. O cronograma encontra-se no item 11 do edital.

8.    Quais são os critérios de desempate do edital?

9.5.9.1- Em caso de empate, será observada a maior pontuação no seguinte item a) do critério 1 “Definição de processos críticos de produção”. 
9.5.9.2 - Persistindo o empate, será observada a maior pontuação no seguinte item b) do critério 1 “Definição de processos críticos de produção”. 
9.5.9.3 - Persistindo o empate, será classificada a empresa que tiver obtido a maior pontuação no item b) do critério 2 “Caracterização do processo de manutenção”. 9.5.9.4 - Esgotados os critérios acima, caso ainda permaneça o empate, será realizado sorteio entre as empresas com a mesma pontuação.

9.    Preciso enviar documentos para participar do edital? Quais?

Os documentos deverão ser encaminhados para a ABDI:

1.    Inscrição da empresa: conforme item 8 e o Anexo I do edital:
a.    Formulário de inscrição da empresa preenchido, no link http://amazonia40.abdi.com.br; 
b.    Encaminhar os documentos comprobatórios, fotos e diagramas pelo  link enviado ao e-mail cadastrado no formulário. Este link é enviado após a finalização do preenchimento do formulário. Somente após o encaminhamento dos documentos pelo link a inscrição está finalizada;
c.    Prova de registro comercial - prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas - CNPJ ou comprovante de inscrição e de situação cadastral emitido pela internet; 
d.    Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado;
e.    Prova de regularidade perante à Fazenda Federal e à Seguridade Social, mediante a apresentação de certidão expedida pela Receita Federal do Brasil relativo a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União, bem como contribuições previdenciárias e de terceiros (Certidão Conjunta Negativa ou Certidão Conjunta Positiva com efeitos de Negativa); 
f.    Prova de regularidade para com a Fazenda Estadual ou do Distrito Federal, da sede da empresa; 
g.    Prova de regularidade para com a Fazenda Municipal do local da sede do licitante (exceto pessoas jurídicas estabelecidas no Distrito Federal), mediante a apresentação de certidão expedida pelo órgão fazendário competente;
h.    Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (CRF/FGTS);
i.    Documento expedido pelo distribuidor da sede da pessoa jurídica, ou de execução patrimonial, expedida no domicílio da pessoa física;
j.    Balanço Contábil e Demonstrativo contábil para fins de verificação do cumprimento do faturamento mínimo e máximo estipulado;
k.    Para o profissional de nível superior os documentos de comprovação são: RG, CPF, telefone, endereço, e-mail, função, comprovante de vínculo com a empresa e currículo (Lattes ou LinkedIn) e para o profissional de nível médio os documentos de comprovação são: RG, CPF, telefone, endereço, e-mail, função, comprovante de vínculo com a empresa;
l.    RG, CPF, currículo (com cargo) e comprovante de vínculo empregatício dos responsáveis técnicos;     
m.    Declaração de cumprimento do disposto no inciso XXXIII do artigo 7° da Constituição Federal brasileira, com redação dada pela Emenda Constitucional, nº 20/98, que não emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e de que não emprega, em qualquer trabalho, menores de 16  anos;
n.    Fotos e diagramas, solicitados nos Critérios Técnicos , na resolução descrita no item 9.4.

2.    Seleção das empresas: as empresas selecionadas, após a publicação do resultado final, deverão encaminhar o Termo de Compromisso, Anexo V do Edital, à ABDI. Após esta etapa as empresas serão contactadas pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico - INDT para assinatura de Termo de Adesão ao Estudo de Prontidão Tecnológica e à Jornada Amazônia 4.0.

9. Como posso tirar dúvidas pontuais a respeito do edital?

Qualquer pedido de esclarecimento em relação a eventuais dúvidas na interpretação do presente Edital deverá ser encaminhado até 2 (dois) dias úteis antes do encerramento da fase de inscrição, exclusivamente para o endereço eletrônico amazonia40@abdi.com.br

Perdeu o evento? Assista e fique por dentro: