ENCONTRE AQUI

Desenvolvimento produtivo e colaborativo na crise

Guia da ABDI disponibiliza instrumentos para apoiar empresas no seu processo de sobrevivência e retomada da competitividade

Paula Fettermann | 09/04/2020

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) disponibilizou, para empresários e empreendedores, orientações para minimizar os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus no mundo. As instruções estão na nova versão do Guia de Instrumentos de Apoio ao Desenvolvimento Produtivo desenvolvido pela equipe da ABDI.

A ferramenta disponibiliza para empresas de diferentes portes, em um portal único, um conjunto de instrumentos para apoio financeiro e técnico, medidas de defesa comercial, incentivos fiscais e tributários, apoio à exportação, promoção comercial e incentivo à inovação.

Segundo a analista de produtividade e inovação da ABDI, Maria Mirorlávia Uchôa, “o produto foi idealizado para contribuir para o aumento da competitividade das empresas brasileiras”.

Instrumentos

Diante do cenário de crise marcado pela pandemia, os gestores institucionais disponibilizaram novos instrumentos com o objetivo de combater ou mitigar seus efeitos econômicos sobre as empresas brasileiras. A versão atual deste Guia inclui esses novos instrumentos, entre os quais destacam-se:

1 – Edital de Inovação para a Indústria (Missão contra COVID-19): busca soluções de impacto contra os problemas gerados pela pandemia do novo coronavírus. Os projetos serão financiados pelo SENAI, Embrapii e ABDI.

2 – BNDES: até o momento foi criada uma linha emergencial de crédito para folha de pagamentos, além do BNDES Crédito para Pequenas Empresas e o Programa BNDES de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus;

3 – Ministério da Economia: foi criada uma plataforma Vamos Vencer, que inclui medidas de apoio ao setor produtivo neste momento emergencial de combate à pandemia;

Com relação aos instrumentos já existentes, algumas instituições se adequaram à situação emergencial de combate à pandemia:

1 – Banco do Brasil: Proger - Programa de Geração de Renda para o Setor Urbano.

2 – Caixa Econômica Federal: Giro Caixa Instantâneo Múltiplo e o Giro Caixa Fácil.

Como funciona

A busca dos instrumentos é feita por meio do preenchimento de um formulário com dados sobre o perfil da empresa. Com as informações, o Guia consegue indicar os instrumentos mais adequados ao perfil informado, bem como os órgãos federais, regionais e estaduais responsáveis pelo instrumento.

O catálogo de resultados é gerado a partir de um esforço colaborativo que conta com contribuições de órgãos e agências oficiais que oferecem medidas de apoio às atividades produtivas.

“Todos os gestores de instrumentos de órgãos e agências oficiais, que executam ações que colaborem para o desenvolvimento produtivo das empresas brasileiras, podem realizar o pré-cadastro de instrumentos para ajudar a ampliar os resultados do Guia. O material será avaliado pela equipe da ABDI e, se comprovada a pertinência, será acrescentado ao catálogo”, explicou Maria Mirorlávia.