ENCONTRE AQUI

Prazo final para inscrição no concurso de Fábricas Virtuais é 17 de dezembro

Atualização do edital inclui software MOTOSim EG-VRC. Confira os documentos necessários e preencha os formulários para participar do certame

Gabriel Fialho | 11/11/2019

O dia 17 de dezembro é o prazo final para a inscrição de projetos de Fábricas Virtuais no concurso da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A data foi prorrogada para dar mais tempo para os concorrentes enviarem os projetos de simulação de linha de produção conforme exigido no edital.

Os interessados devem preencher um dos formulários abaixo (Pessoa Física ou Pessoa Jurídica) e enviarem dois arquivos, a simulação da linha em 3D e em vídeo, no formato MPEG4/MP4, com definição mínima de 1080p: 1920x1080, contendo a simulação que obteve melhores resultados durante as rodadas.

Na atualização do edital também foi incluída o software MOTOSim EG-VRC. As outras plataformas aceitas são: Arena; Flexsim; Promodel; WITNESS; Simio; Plant Simulation; Anylogic; Automod; Micro Saint; Delmia QUEST; Enterprise Dynamics e; Process Simulate. Não serão consideradas simulações em outros softwares.

Serão premiadas dez iniciativas inovadoras para resolver problemas de empresas do setor produtivo e de serviços. O objetivo é selecionar propostas de simulações de linhas de produção em plataformas digitais. As propostas podem ser apresentadas por Pessoas Físicas e por Pessoas Jurídicas.

O valor total da premiação é de R$ 260 mil, sendo R$ 50 mil para o primeiro colocado, R$ 40 mil para o segundo, R$ 30 mil para o terceiro e R$ 20 mil para os demais.

Comunicado II

CONFIRA O EDITAL COMPLETO

FORMULÁRIO PESSOA FÍSICA

FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA

Fábricas Virtuais

Com os métodos de simulação de linhas de produção, por meio de softwares específicos, é possível acompanhar o comportamento de um sistema produtivo e das diversas variáveis e situações operacionais.

Os programas de simulação chegam a ter 95% de aderência à realidade, ou seja, são uma imitação quase perfeita das plantas industriais. Desta forma, os testes em ambiente virtual antecipam problemas das linhas de produção. Além disso, é possível simular projetos que ainda não saíram do papel, verificando sua eficiência, eficácia e operacionalidade antes de serem implantados.

As simulações incluem a representação gráfica dos trabalhadores, insumos e equipamentos em movimento, ilustrando os fluxos dentro da fábrica. As ferramentas geram estimativas de desempenho em termos de tempo de processamento, de utilização de recursos, dimensionamento de estoques intermediários e de operação em cada estação de trabalho.

O projeto permitirá a aproximação da ABDI aos problemas reais do setor. O objetivo ao premiar as propostas é o de estimular a difusão destas práticas nas empresas do país, para que os princípios da indústria 4.0 sejam cada vez mais aplicados.