ABDI e AEB firmam parceria para incentivar indústria espacial brasileira

ABDI e AEB firmam parceria para incentivar indústria espacial brasileira

O anúncio do acordo foi feito durante a abertura do 2º Fórum da Indústria Espacial Brasileira

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Agência Espacial Brasileira (AEB) vão firmar um acordo de cooperação que deve aquecer o mercado espacial do país. O documento deve ser assinado nas próximas semanas. O anúncio foi feito durante a abertura do 2º Fórum da Indústria Espacial Brasileira, que acontece no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP).

O diretor de Desenvolvimento Produtivo e Tecnológico da ABDI, Miguel Nery, destacou que a parceria deve ter como consequência a aplicação de recursos de forma mais assertiva. “Temos um plano de trabalho estruturado. Serão beneficiados vários setores como o da produção de microssatélites. Esse acordo de cooperação vai impulsionar o ecossistema da indústria espacial brasileira, nos posicionando de forma global”.

O diretor da ABDI apontou ainda que durante o evento será realizado o "Desafio Espacial". “Algo que é caro para a Agência é a criação de ecossistemas de negócios. Para isso a Agência traz para dentro do Fórum o desafio. A partir das demandas trazidas pela indústria, instigamos a criação de soluções”.

O presidente da AEB, José Raimundo Braga Coelho, também deu ênfase à iniciativa. “A participação da indústria é fundamental para suscitar o desenvolvimento tecnológico e aumentar o valor agregado de nossos produtos. Temos que pensar na cadeia espacial como um todo. O desafio envolve o desenvolvimento de soluções para o mercado como um todo”.

No “Desafio Espacial”, a ideia é que startups, empresas juniores ou grupos de pesquisa apresentem projetos que atendam demandas das indústrias espaciais. As empresas trabalharam com temas predefinidos: meteorologia, observação da Terra e de comunicações. As startups terão a oportunidade de apresentar suas soluções diretamente para o mercado durante o evento.

A AEB ainda vai apresentar uma pesquisa das necessidades por serviços espaciais. “Fizemos uma pesquisa com 105 empresas do setor para saber as demandas. Este evento vai fomentar esse debate”, lembrou Coelho. Durante o Fórum também será debatido o novo marco legal de Ciência e Tecnologia e haverá apresentações de cases de sucesso no setor. O 2º Fórum da Indústria Espacial Brasileira acontece nos dias 27 e 28 de novembro em São José dos Campos. 

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas