ABDI e Prefeitura de Londrina terão acordo de cooperação para compras públicas em inovação

ABDI e Prefeitura de Londrina terão acordo de cooperação para compras públicas em inovação

Prefeitura paranaense quer se tornar referência no uso de instrumentos mais complexos de compras públicas, como as encomendas tecnológicas

O presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Ricardo Cappelli, reuniu-se em Brasília com representantes da Prefeitura de Londrina (PR) para ajudar o município a realizar compras públicas em inovação. Na ocasião, ficou acertado que a Agência e a Prefeitura farão um acordo de cooperação técnica para esse fim. Estiveram presentes a deputada federal Luísa Canziani (PSD/PR), o secretário municipal de Gestão Pública de Londrina, Fábio Cavazotti, e o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani.

A parceria possibilitará que a Agência forneça serviços de consultoria aos gestores públicos municipais para iniciar a contratação de encomenda tecnológica. No encontro, Luísa Canziani pontuou que a cidade de Londrina poderá se tornar referência no uso das compras públicas para estimular a inovação. Já Cappelli destacou que é importante que mais gestores públicos tenham acesso à informação e capacitação técnica para realizar esse investimento estratégico.

Atualmente, a Prefeitura de Londrina participa da primeira camada do programa Hubtec, cuja porta de entrada é a Plataforma CPIN. Por meio dela, o programa fornece capacitação para orientar o gestor público no processo de tomada de decisão para a execução compras públicas, auxiliando-o desde a identificação da demanda até a escolha do instrumento adequado de contratação pública. A segunda camada de atuação do Hubtec, por sua vez, oferece uma atuação customizada realizada no âmbito do escritório do programa.

O assessor especial da ABDI e líder do Hubtec, André Rauen, explica que a encomenda tecnológica é um instrumento utilizado pelo gestor público para contratar a realização de pesquisa de inovação, na tentativa de encontrar uma solução para uma demanda socialmente relevante. “Nas encomendas tecnológicas, o Estado assume parte do risco do setor privado”, pontuou. “Nesse sentido, o Hubtec dá o aval paralegal e técnico para a tomada de decisão dos gestores, fornecendo segurança jurídica e técnica à gestão do projeto”, completou.

Na última semana, o Programa Compra Londrina, iniciativa da prefeitura paranaense que incentiva as empresas locais a disputarem negócios em órgãos públicos, foi o vencedor do prêmio Smart City Expo Curitiba Brazilian Awards, na categoria Equidade Social. A premiação visa reconhecer os projetos que promovem o protagonismo cidadão.

Sobre o Hubtec

O Hubtec é o primeiro e único escritório brasileiro capaz de apoiar órgãos públicos e empresas de economia mista a conduzir todas as fases de uma encomenda tecnológica (ETEC). Composto por uma equipe multifacetada e profissionalmente diversificada da ABDI, o Hubtec auxilia os clientes no planejamento e na contratação de encomendas tecnológicas de soluções ainda não disponíveis no mercado e que precisam ser inteiramente desenvolvidas. Para isso, o escritório avalia a presença de risco tecnológico, os fornecedores e ajuda a definir as melhores estratégias de remuneração contratual.

Sobre a CPIN

A Plataforma CPIN é resultado de uma parceria da ABDI com o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), com apoio do Instituto Tellus. Concebida para orientar e acompanhar o gestor público no processo de compras públicas desde a identificação da demanda até o uso correto das ferramentas e recursos federais disponíveis para Estados e Municípios, a ferramenta conduz o gestor desde o mapeamento de problemas até a escolha do instrumento adequado para a contratação. Para acessá-la, clique aqui.

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas