ABDI integra painel da COP 28 sobre desenvolvimento inclusivo e sustentável

ABDI integra painel da COP 28 sobre desenvolvimento inclusivo e sustentável

Participação da Agência na Cúpula do Clima tem sequência nesta quarta-feira, 6/12, em debate sobre circularidade e inovação na indústria

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) integrou nesta segunda-feira, 4/12, no Pavilhão Brasil da Conferência de Clima da ONU (COP 28), em Dubai, o painel “Transformação Ecológica: Desenvolvimento Inclusivo e sustentável para lidar com a crise climática”. A diretora de Economia Sustentável, Perpétua Almeida, representou a Agência no debate promovido pelo Ministério da Fazenda.

Importante espaço de articulação do Brasil na COP 28, o painel tratou do Plano de Transformação Ecológica recentemente lançado pelo Governo Federal. A medida, anunciada dias atrás em Dubai pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, tem por objetivo promover a transição para uma economia de baixo carbono com o enfrentamento de gargalos do desenvolvimento por meio de ações estruturantes nas áreas de finanças sustentáveis, bioeconomia, transição energética, adensamento tecnológico, economia circular e infraestrutura verde e resiliente. 

Em sua participação no painel, a diretora da ABDI falou da contribuição direta da Agência para o desenvolvimento inclusivo e sustentável. Lembrou do projeto que trata da bioindústria nos biomas brasileiros, como o da Amazônia, e dos estudos da Agência para fornecimento de energia elétrica aos pontos mais remotos da floresta. “O Brasil precisa dominar e aprimorar todo o ciclo tecnológico de placas fotovoltaicas. Com certeza, essa é a solução para gerar e distribuir energia limpa na Amazônia, especialmente para comunidades que vivem em regiões isoladas. Eu conheço bem essa realidade”, disse, em referência a suas origens na região.

O painel foi mediado pela procuradora-chefe da Procuradoria Nacional de Defesa do Clima e do Meio Ambiente (Pronaclima/AGU), Mariana Barbosa Cirne. Também participaram a assessora do Ministério da Fazenda, Carina Vitral, o secretário do Meio Ambiento do Estado do Pará, Mauro de Almeida, a presidente do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Marina Grossi, e a jovem liderança indígena de Rondônia, Txai Suruí.

Circularidade e Inovação na Indústria           

A participação da diretora da ABDI precede o painel da Agência e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) intitulado ‘Desafios e Oportunidades na Promoção de uma Circularidade e Inovação na Indústria’, marcado para esta quarta-feira, 6/12.   

O painel proposto pela ABDI e pelo MDIC foi aprovado por uma comissão avaliadora formada pelos ministérios do Meio Ambiente e das Relações Exteriores, pela APEX Brasil, por governos subnacionais, pelo setor privado e pela sociedade civil. O grupo recebeu mais de 700 propostas para uma programação de 100 sessões.

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas