ABDI Labs promove demonstração de IA para pesagem de animais em Curitiba

Workshop realizado em parceria com a BRF apresentou conhecimentos obtidos durante implementação de projeto-piloto, no âmbito do programa da Agência

O programa ABDI Labs promoveu, na última sexta-feira, 24, o workshop de demonstração de tecnologia desenvolvida para a pesagem de suínos na indústria, por meio do edital do programa. O evento ocorreu no auditório da BRF, em Curitiba, e buscou replicar para mais de 30 empresas o conhecimento adquirido durante o processo de implementação do projeto-piloto desenvolvido pela startup Olho do Dono para a empresa alimentícia.

O projeto-piloto “Contagem e monitoramento de peso de suínos de forma automática e sem estresse na indústria” buscou implementar tecnologia de câmera 3D portátil para contar e pesar animais em seu ambiente natural.

Durante o workshop, a gerente de Engenharia e Inovação da empresa, Daniela Mengarda, explicou que a BRF buscou no edital da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) uma oportunidade para implementar o desafio de inovar na tecnologia de pesagem durante o desembarque de animais. O objetivo era acelerar o processo e obter o indicador de peso de forma mais prática e eficiente, estimando corretamente o peso do suíno para uma remuneração precisa aos fornecedores, aumentando também a eficiência produtiva.

“A participação da ABDI foi na evolução dessa inovação, desde o fomento e o suporte para que a gente tivesse o contato com as principais empresas que nos suportaram nessa jornada, o contato com as startups, com as universidades e o fomento para essa rede funcionar”, destacou Daniela.

Apesar de a solução ainda não ter sido implementada na cadeia de produção, já foi possível ver os benefícios do sistema de pesagem com inteligência artificial.  De acordo com a gerente, o projeto evoluiu desde a prova de conceito até uma experimentação em ambiente relevante.

 “Conseguimos chegar muito perto do protótipo final da implementação industrial. Esperamos chegar na versão final de implementação para mensurar esses ganhos efetivamente”, afirmou.

Na execução do projeto-piloto, a BRF também identificou outros desafios, como a contagem exata dos animais. Caso seja identificada uma discrepância entre o número de animais informados na guia de transporte e o número de animais abatidos, a fiscalização governamental demanda que o abate seja suspenso para identificar e corrigir o erro. Dessa forma, o projeto foi adaptado para poder contar os suínos automaticamente na recepção dos animais na indústria.

Inteligência artificial 

A startup Olho do Dono treinou uma rede neural para poder identificar, segmentar e realizar o rastreamento (“tracking”) dos suínos para pesagem e contagem de animais.

O conceito da inovação consiste em posicionar uma câmera 3D no trajeto de desembarque dos animais capaz de calcular, por meio de inteligência artificial e visão computacional, todas as métricas dos suínos e bovinos, utilizando uma base de dados com mais de um milhão de imagens.

O sistema numera os animais automaticamente e disponibiliza essas imagens na nuvem da empresa. Com isso, é possível realizar a auditoria sempre que necessário, inclusive em velocidade acelerada e pulando partes sem animais, permitindo uma análise do desembarque em menos da metade do tempo.

De acordo com o CEO da Olho do Dono, Pedro Mannato, a tecnologia tem o potencial de aumentar a produtividade das empresas. “Os dados da pesagem possibilitam ao produtor tomar decisões mais embasadas, podendo aumentar a produtividade”, explicou. Mannato também enumerou outros benefícios da tecnologia, como o aumento da lucratividade, eficiência de suplementos e da evolução genética.

Demonstração de tecnologia 

A analista de produtividade e inovação da ABDI e gestora do ABDI Labs, Lanna Dioum, destaca a importância do ABDI Labs na criação de uma rede de parceiros visando a difusão de inovação no setor produtivo. “É neste papel que ABDI atua: conectando essas duas pontas. Oferecemos fomento, monitoramento, ferramentas modernas, metodologias ágeis e da indústria 4.0 para alavancar a indústria”, pontuou. 

Sobre a demonstração da tecnologia, a analista comentou: “Foi uma grande conexão para diminuir o abismo entre a necessidade de tecnologia e sua implementação de fato. Nosso o objetivo é possibilitar a inovação desde a ideia até o rollout, que é a fase de implementação da tecnologia pela empresa toda”, completou.

“Foi um momento para entender o ambiente de demonstração do edital do ABDI Labs. Vimos uma demonstração da pesagem da planta de suínos, que também foi ampliada para a planta de aves”, finalizou Lanna Dioum. O workshop também foi acompanhado pela diretora substituta Regiana Lins.

Sobre o ABDI Labs

O Programa ABDI Labs é uma iniciativa que tem por objetivo desenvolver ambientes promotores de inovação, adoção de tecnologias da indústria 4.0 e formação de redes de conhecimento tecnológico para potencializar a transformação digital das empresas brasileiras.

Por meio de edital de concurso, o programa seleciona dez projetos-pilotos que contemplem a utilização dessas tecnologias, capazes de gerar casos práticos de uso para a construção de um roteiro de implementação e a apresentação dos projetos em ambientes de demonstração.

Após a seleção de dez parceiras tecnológicas vencedoras do edital e do desenvolvimento dos projetos-pilotos, ocorre a execução das atividades dos ambientes de demonstração das tecnologias implementadas. Cada um dos projetos selecionados recebeu R$ 200 mil para o desenvolvimento e a aplicação da iniciativa.

Multimídia

MetaIndústria