Conecta Startup Brasil anuncia ampliação do valor das bolsas

Conecta Startup Brasil anuncia ampliação do valor das bolsas

Serão R$ 4,8 milhões em recursos para bolsas e 100 equipes trabalharão para solucionar os desafios mapeados pelas empresas que aderiram ao Programa

O Conecta Startup Brasil promoveu na tarde desta quinta-feira (7/12) o evento de boas-vindas para os empreendedores e startups, empresas e embaixadores da segunda edição do Programa. O encontro incluiu uma apresentação geral sobre a nova edição e o detalhamento das fases de execução.

Resultado de uma ação conjunta entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Softex e o parceiro executor, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conecta Startup é um programa nacional de pré-aceleração de startups em estágio inicial, de todas as regiões do país, com prática de inovação aberta e investimento.

Na oportunidade, Sheila Oliveira Pires, diretora de apoio aos ecossistemas de inovação (DEPAI) do MCTI, anunciou a ampliação dos valores das bolsas que receberam um valor adicional de R$ 845 mil para utilização nas três fases do Programa, que contará com um total de R$ 4,8 milhões em recursos. Elas são fundamentais para que as startups possam atrair e manter equipes qualificadas e dedicadas para trabalhar em seus desafios.

“O ministério tem se esforçado para alavancar a inovação no país por todos os meios. Em parceria com o CNPq, conseguimos realizar um aporte adicional de recursos ao programa. Com isso, será possível aumentar em 28% o valor das bolsas que serão oferecidas aos empreendedores nas fases 2 e 3 do programa”, destacou Sheila Oliveira Pires.

A solenidade contou também com as participações de Bruno Jorge Soares, gerente da Unidade de Difusão de Tecnologia da ABDI; Alexandre Garcia, coordenador geral de Programas de Pesquisa em Ciências Exatas do CNPq; e Rubens Delgado, presidente da Softex.

“O aumento no valor das bolsas vai incentivar os novos empreendedores a se capacitarem de forma alinhada com os desafios do mercado. Com isso, novas empresas podem surgir, promovendo o adensamento do ecossistema de inovação”, ressaltou a presidente da ABDI, Cecília Vergara.

Foram selecionadas para a segunda edição do Conecta Startup Brasil 100 equipes, sendo 20 times de cada região, que trabalharão para solucionar um dos 158 desafios em 21 áreas temáticas, mapeados pelas 50 empresas que aderiram ao Programa, entre as quais Natura, Gol Linhas Aéreas, Copel, Fiocruz e Citrosuco.

“Essa parceria com a ABDI, a Softex e o MCTI já vem de alguns anos e trazendo bons resultados já observados na primeira edição do Programa”, disse Alexandre Garcia, coordenador geral de Programas de Pesquisa em Ciências Exatas do CNPq.

MPEs apostam em inovação e cresce a liderança feminina

Entre as 100 equipes empreendedoras selecionadas, 34,7% são provenientes da região Sudeste, 27,7% do Nordeste, 19% do Sul, 9,9% do Norte e 8,8% do Centro-Oeste. Considerando as áreas de atuação, nota-se uma grande representatividade de startups das áreas vinculadas ao desenvolvimento sustentável (19), à qualidade de vida (24) e à Inteligência Artificial (10). Esse interesse pelo tema de Meio Ambiente, Resíduos e Saneamento pode ser atribuído à tendência global de investimentos em ASG (Ambiental, Social e Governança).

Em relação à divisão de gênero, foi observada uma evolução de 9,7% na representação de startups com liderança feminina, que saltou de 31% na edição passada para 40,7%, demonstrando um progresso na diversidade e na igualdade de gênero no ecossistema empreendedor.

Já entre as 50 empresas participantes, 44% são micro, 28% de grande porte, 18% de pequeno porte e 10% de médio porte. Cerca de 48% encontram-se na região Sudeste, 20% no Nordeste, 14% no Sul, 10% no Norte e 8% no Centro-Oeste.

“O interesse despertado pela inovação como estratégia de crescimento junto às MPEs se mostra como uma grande oportunidade para futuras edições do Programa, pois somadas elas já são mais de 8,9 milhões de empresas que representam atualmente 22,5% do PIB da indústria brasileira, um número extremamente expressivo para o desenvolvimento nacional”, destaca Rubens Delgado, presidente da Softex.

Para mais informações sobre o Conecta Startup Brasil, clique aqui.

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas