Data Space para agronegócio começa a ser discutido pela ABDI e a APTSJC

Convênio inicia estudo de prospecção de espaço de dados seguro dedicado ao setor agropecuário brasileiro

O Programa Agro 4.0 é um dos pilares da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em sua missão de levar a transformação digital aos setores produtivos brasileiros. Para dar mais um passo na inserção de novas tecnologias e metodologias de trabalho na agropecuária, a ABDI e o Parque Tecnológico São José dos Campos uniram forças para iniciar um estudo sobre o desenvolvimento do Agro Data Space, com a Safe Trace. A primeira etapa – que está prevista para finalizar no final de 2023 – é um estudo sobre os desafios e as oportunidades de aplicação no Brasil.

Os Data Spaces são ecossistemas digitais interconectados que são capazes de garantir uma disponibilidade crescente de dados, proporcionando acesso e compartilhamento seguros e confiáveis, por meio de plataformas digitais com padrões e governança claros.

A ABDI escolheu a agropecuária como primeiro estudo direcionado por conta das oportunidades de aumento da produtividade, eficiência e sustentabilidade do setor, especialmente, pela estimativa do aumento da demanda mundial por alimentos, até 2050. “Os Data Spaces criam condições para ampliar o acesso e o compartilhamento de dados, de uma forma segura e confiável, por meio de uma plataforma digital que estabelece padrões e estruturas de governança, que podem otimizar a gestão estratégica e sistêmica de dados, acelerar o processo de transformação digital e ampliar a geração de valor e a competitividade do agronegócio”, justifica a analista de Produtividade e Inovação da ABDI, Isabela Gaya.

“A coleta, tratamento e análise dos dados proporcionam ao agronegócio uma maior chance de competitividade. Portanto, esse projeto nos traz a possibilidade de levar esse conhecimento e essa cultura para dentro do agro, inicialmente no interior de São Paulo, e depois podemos explorar em nível estadual e nacional. Esse trabalho conjunto entre a ABDI e o Parque Tecnológico São José dos Campos com certeza trará bons frutos para o setor do agronegócio”, ressalta Marcelo Nunes, Diretor de Desenvolvimento de Negócios do Parque Tecnológico São José dos Campos (PqTec).

Com este estudo, a ABDI e o PqTec pretendem levantar as necessidades do mercado por um Agro Data Space; mapear as ofertas de plataformas de dados existentes nos setores públicos e privados; identificar um modelo de atuação do Agro Data Space e propor um plano de ação sugestivo para a adoção do Agro Data Space, além de realizar um workshop com as partes interessadas, bem como ações de divulgação do estudo.

Em julho, a ABDI iniciou um ciclo de oficinas (https://www.abdi.com.br/postagem/brasil-inicia-debate-sobre-data-spaces-na-industria-brasileira) sobre Data Spaces em parceria com o Secretariado do Diálogo Digital Brasil-Alemanha, a Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ). O objetivo é prospectar a adoção de Data Spaces para o setor industrial brasileiro como um todo.

Sobre o Parque Tecnológico São José dos Campos
O PqTec foi criado em 2006 e é um dos maiores complexos de inovação e empreendedorismo do Brasil, com mais de 300 empresas e instituições vinculadas. Fica localizado em São José dos Campos, principal cidade do Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, região reconhecida pelo seu potencial industrial, acadêmico e mercadológico. O PqTec tem programas que atendem empresas de todos os perfis, desde a ideia no papel a grandes multinacionais. Saiba mais em www.pqtec.org.br

Sobre a ABDI
A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) formula e executa ações que contribuem para o desenvolvimento do setor produtivo nacional. Sua missão é estimular a transformação digital dos negócios, com vistas para o aumento da produtividade, competitividade e lucratividade. A ABDI também incentiva testes com novos modelos de negócios e uso de tecnologias em cidades inteligentes. A Agência é indutora da cultura de digitalização na economia nacional, gera inteligência competitiva e é responsável pela articulação entre agentes públicos e privados, sempre com o foco no desenvolvimento econômico e social do país.

Multimídia

MetaIndústria