Descarbonização da indústria é tema de ACT assinado pela ABDI e pelo Instituto Clima

Descarbonização da indústria é tema de ACT assinado pela ABDI e pelo Instituto Clima

Acordo prevê a promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 7 e 9 da Agenda 2030

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) assinou, nesta quinta-feira (14/12), um Acordo de Cooperação Técnica com o Instituto Clima. O desenvolvimento de ações conjuntas terá como foco a compensação e a descarbonização de operações, alinhadas com o Programa Município Carbono Zero.

O programa de descarbonização tem o objetivo de proteger o equilíbrio do sistema climático em benefício das gerações presentes e futuras da humanidade, com base na dignidade da pessoa humana e na equidade.

O acordo prevê alguns objetivos, como a promoção da Agenda 2030, em especial os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 7 e 9, que tratam da energia limpa e da indústria e inovação, respectivamente.

A iniciativa também prevê a qualificação de dados de emissão de carbono nos setores industriais, além de apoio à Política Municipal Climática. Neste primeiro momento, a implementação do projeto será em três municípios: Belém, Anápolis e Recife.

“Dentro da missão da ABDI, de apoiar o setor produtivo brasileiro, estamos trabalhando com novos modelos de negócios e, sem dúvidas, na agenda atual do mundo, temos que trabalhar a responsabilidade ambiental”, disse a presidente interina da Agência, Cecília Vergara. “Agradecemos a disponibilidade do Instituto Clima em reunir esforços com a ABDI para vencermos esse desafio de política pública do país e do mundo”, completou.

A gerente de Cooperação e Inteligência Competitiva e responsável pela elaboração do projeto, Cynthia Mattos, destacou que, além do Instituto Clima, o programa será desenvolvido em parceria com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

“Entendemos que esse projeto traz uma relevância muito grande ao trabalho de sustentabilidade, no contexto de Programa de Município Verde do MDIC. É importante destacar que o ministério apontou esse programa como um projeto de aderência na pauta do plano de ação da pasta”, afirmou.

Ainda entre os principais objetivos do acordo estão o apoio e a implementação da agenda da responsabilidade ambiental. A parceria visa, também, o desenvolvimento de projetos de industrialização sustentável nacional baseada nos paradigmas da descarbonização, transição energética, economia circular, competitividade, geração de empregos e redução de desigualdades regionais.

“Tenho certeza de que, com esses três municípios que foram escolhidos, conseguiremos um resultado bom, rápido e até replicável em escala”, ressaltou a presidente do Instituto Clima, Maria Tereza Gomes.

COP 30

A diretora de Economia Sustentável e Industrialização da ABDI, Perpétua Almeida, acredita que o projeto tem potencial de chegar à COP 30, que será realizada em Belém (PA), como uma referência em programa de descarbonização. A Agência tem trabalhado na construção de projetos a serem apresentados na Conferência Mundial do Clima, em 2025.

“Acabei de voltar da COP 28. Fomos com uma delegação da ABDI, que pela primeira vez participou da conferência. Fiquei muito feliz de divulgar um projeto nosso em parceria com a Abiplast, o Recircula Brasil, reconhecido inclusive pela ONU”, lembrou. “E fico mais feliz ainda com a possibilidade de levar o projeto de descarbonização dos municípios em parceria com o Instituto”, acrescentou.

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas