Inovação no varejo mineiro

Inovação no varejo mineiro

ABDI e Fecomércio-MG lançam o Movimento Empresarial de Inovação e Competitividade

Os varejistas do estado de Minas Gerais já podem contar com mais um reforço para ações e programas de estímulo à inovação. A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG) lançaram, na terça-feira (23), o Movimento Empresarial de Inovação e Competitividade (MEIC), um programa com o objetivo de conectar empresários do comércio e serviços a diversos agentes de inovação, como aceleradoras, universidades, pesquisadores, representantes de governo, investidores e startups, além de promover capacitação, eventos e discussões qualificadas sobre o tema.

O MEIC é fruto de um acordo de cooperação técnica firmado, em 2017, entre a ABDI e a Fecomércio, e visa implementar ações e projetos de disseminação da cultura inovadora em todo o ecossistema varejista mineiro. O especialista da Coordenação de Comércio e Serviços (CCS) da ABDI, Eduardo Rezende, explicou que a parceria entre a Agência e a Federação corresponde a um braço regional do Laboratório de Inovação do Varejo (ProVA), em Minas Gerais. “Já realizamos várias ações com foco em metodologias ágeis e inovação, sempre com o objetivo de disseminar a cultura da inovação entre os varejistas mineiros”, destacou Rezende, que representou o presidente da ABDI, Guto Ferreira, durante o lançamento.

Durante a apresentação do projeto, foi divulgado o resultado de uma pesquisa sobre o perfil do empresário mineiro e o seu grau de maturidade a respeito do tema inovação. As empresas presentes também participaram de uma votação, onde puderam escolher o próximo desafio a ser trabalhado: o “GoDigital – como ajudar a ser mais digital” – foi o tema escolhido. “Agora, o próximo passo é trabalharmos esse desafio no Bootcamp que faremos em novembro, com apoio do ProVA”, acrescentou.

MEIC

O Movimento Empresarial de Inovação e Competitividade (MEIC) contará ainda com a presença dos 12 colaboradores de diversos setores da Fecomércio, que foram capacitados pelo Laboratório de Inovação do Varejo (ProVa), da ABDI, para serem multiplicadores da metodologia a ser utilizada pelo movimento: o design thinking. Desenvolvido com o intuito de ser implantado no estado, o MEIC aplica pesquisa de mercado e faz uso dessa metodologia, com grupos de foco definidos, para discutir desafios e oportunidades para o varejo. O objetivo é identificar as principais dores do setor e como a inovação pode auxiliar os empresários.

De acordo com a analista de Negócios Internacionais da Fecomércio MG, Juliana Peixoto, a criação do ProVa, uma iniciativa da ABDI, serviu de inspiração para o MEIC. “As mudanças de hábitos de consumo, a concorrência internacional e a necessidade de que o varejo se inove para acompanhar a indústria 4.0 foram alguns dos fatores que contribuíram para desenvolvermos o projeto”, explica.

Segundo Juliana, a meta do MEIC é proporcionar um espaço de discussão com os empresários sobre o tema inovação e fortalecer a conexão entre eles e os diversos agentes envolvidos no ambiente de inovação para o comércio e serviços. “Visamos, com isso, contribuir para potencializar a cultura empreendedora e de inovação no setor terciário em nosso estado”, concluiu.

O encerramento do evento, realizado na sede da Fecomércio, em Belo Horizonte, contou com uma palestra do co-founder do Órbi Conecta, Pedro Menezes, um dos empreendedores mais atuantes no ecossistema das startups.

Confira toda a programação do MEIC no site da Fecomércio-MG.

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas