“Luminárias que traduzem o futuro” são destaque no 2º dia do SCECWB

“Luminárias que traduzem o futuro” são destaque no 2º dia do SCECWB

Conectividade 5G e Economia Circular foram temas de workshops e palestras no último dia do evento, que contou com patrocínio da ABDI.

A entrega simbólica da luminária inteligente do programa Conecta 5G à prefeitura de Curitiba foi o marco da presença da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) no 2º dia do evento Smart City Expo Curitiba. A entrega foi feita pelo presidente da Agência, Igor Calvet, ao prefeito Rafael Greca. Além disso, workshop e palestra sobre 5G e Economia Circular também fizeram parte da agenda, que contou com a participação dos gerentes da ABDI, Adryelle Pedrosa (Unidade de Transformação Digital); Cynthia Mattos (Unidade de Projetos Especiais); Tiago Faierstein (Unidade de Novos Negócios); e Bruno Jorge (Unidade de Difusão de Tecnologias).

Durante a solenidade do programa Conecta 5G, o prefeito de Curitiba destacou que “essas luminárias traduzem o futuro, e a inovação é uma luz que logo vai brilhar no país inteiro”.  “Eu me sinto muito gratificado. Mais ou menos como nossos heróis fundadores quando acenderam pela primeira vez o lampião de gás no coração de Curitiba. Viva a inovação”, comemorou Greca.  

De acordo com o presidente da ABDI, Igor Calvet, “além de melhorar a segurança pública, as luminárias inteligentes, na prática, transformam as lâmpadas de iluminação pública em antenas de celular que espalham com o Wifi o sinal do 5G”. Calvet destacou também a importância da parceria com a prefeitura, Nokia e com a Agência de Inovação de Curitiba, em iniciativas como essa.

A capital paranaense é uma das capitais que fazem parte do Conecta 5G da ABDI, que prevê a instalação de luminárias públicas inteligentes com antena 5G integrada, uma solução que deverá ser levada inicialmente a 12 municípios, construindo novas bases para a disseminação da quinta geração móvel.

Além do presidente da ABDI e do prefeito de Curitiba, estiveram presentes na cerimônia Cris Alessi, da Agência de Inovação de Curitiba; Rodrigo Rodrigues, Secretário Municipal de Obras Públicas; e Ailton Santos, CEO Nokia.

Workshop 5G

No evento, a ABDI apresentou para prefeitos, gestores públicos e empresários os seus projetos Conecta 5G, Saúde 4.0, Jornada Digital e Feira Conectada. Os gerentes da ABDI demonstraram os projetos-piloto da Agência, a aplicação de tecnologias e casos de uso que podem ser replicados por todo país.

A gerente da Unidade de Transformação Digital, Adryelle Pedrosa, expôs o projeto Feira Conectada e o Jornada Digital. Ambos ajudam pequenos negócios brasileiros a fazerem a travessia do universo analógico para o universo digital. “Ao se digitalizarem, esses negócios podem crescer mais, gerar mais empregos, ajudar no desenvolvimento do país e na maior qualidade de vida da população”, explicou.

Bruno Jorge, gerente da Unidade de Difusão de Tecnologias falou sobre o projeto Saúde 4.0 com a apresentação dos cases com o Hospital das Clínicas da USP. “O projeto Saúde 4.0 trata da transformação digital no setor de saúde. A gente tem uma concepção de cuidado híbrido, em que o digital e o físico se somam para uma melhor experiência, melhor cuidado com a saúde do paciente”, frisou.

Mais do que inteligentes, Cidades Eficientes

Qualidade de vida impulsionada por cidades sustentáveis e resilientes foi o tema do painel que aconteceu no período da tarde. O objetivo foi apresentar um panorama dos desafios cruciais de sustentabilidade que as cidades irão enfrentar nos próximos anos e como elas podem estar na vanguarda. Foram tópicos de debate as mudanças climáticas, economia circular, planejamento urbano verde e mobilidade sustentável.

Para a gerente de Projetos Especiais da ABDI, Cynthia Mattos, o painel foi interessante pela sinergia entre os projetos apresentados pelos participantes. “Tivemos a participação de um representante da cidade de Milão que trouxe a experiência da cidade em sustentabilidade e isso teve muita aderência ao projeto que a ABDI está conduzindo de modelos de negócios em gestão de resíduos sólidos urbanos. Outra colega trouxe experiência em ASG, como os critérios têm sido usados, o que também teve muita aderência ao novo projeto com esse foco da Agência”, destacou.

Durante a palestra, ela explicou como a Agência atua nessas vertentes. Frisou ainda o papel da tecnologia, da iniciativa privada e dos municípios. “É possível, por meio da inovação, viabilizarmos uma cidade inteligente e melhorarmos a qualidade de vida do cidadão”, disse. Cynthia considera de extrema necessidade fortalecer os elos entre setor público, iniciativa privada e cidadão na constituição de uma cidade inteligente. 

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas