ENCONTRE AQUI

Com apoio da Suframa, ABDI leva tecnologias 4.0 para o Polo Industrial de Manaus

Com a colaboração também da FIEAM e CIEAM, Edital Jornada Amazônia 4.0 vai selecionar 20 empresas para projeto-piloto de adoção de tecnologias da Quarta Revolução Industrial

CCOM | 26/03/2021

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lança edital que vai permitir que empresas do Polo Industrial de Manaus tenham acesso a tecnologias da indústria 4.0. O investimento é de R$ 3 milhões e o objetivo é promover o aumento da eficiência, da produtividade e da qualidade dos produtos, e a redução de custos de produção. O edital vai selecionar 20 empresas dos setores de plásticos, eletroeletrônicos e metalomecânico. A iniciativa conta com o apoio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) e do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEAM). 

Trata-se do programa Jornada Amazônia 4.0, que será lançado em webinar a ser realizado no próximo dia 31 de março, com participações de representantes da ABDI, da Suframa, da FIEAM, da CIEAM e do Ministério da Economia. A transmissão do evento será feita por meio dos perfis do Youtube da ABDI e da Suframa , a partir das 15h no horário de Brasília (14h, em Manaus). Os participantes poderão interagir, enviando perguntas e comentários pelo chat.

“Nossa expectativa é que esse projeto-piloto com 20 empresas possa validar um modelo de negócio com uso de ferramentas da indústria 4.0 com o objetivo de difundir essas tecnologias para o Polo Industrial de Manaus”, afirma o presidente da ABDI, Igor Calvet. A Agência tem como missão impulsionar, em todas as regiões brasileiras, a difusão e adoção de tecnologias 4.0 como estratégia de fortalecimento da industrial nacional.   

"Enxergamos como muito positivas e salutares todas as iniciativas e eventos que conciliem propostas de desenvolvimento sustentável da Amazônia com o aprimoramento do ambiente tecnológico e de negócios da região. Perceber a Amazônia com sua riqueza ambiental e suas potencialidades advindas da biodiversidade é algo até natural, mas também é extremamente necessário reconhecer que existe, na região, uma indústria pujante, com alta capacidade tecnológica e que tem ao longo das últimas décadas contribuído de forma decisiva para o fortalecimento da indústria brasileira. Precisamos, portanto, continuar fomentando discussões sobre como diversificar, aprimorar, modernizar e capacitar cada vez mais o parque fabril instalado na região para conseguir lidar com os desafios da Indústria 4.0 e da transformação dos processos produtivos globais", explica Algacir Polsin, superintendente da Suframa. 

Jornada Amazônia 4.0 

A primeira fase do programa é a seleção de 20 empresas, localizadas na área de abrangência do Polo Industrial de Manaus, de médio porte, das áreas de plásticos, eletroeletrônicos e metalomecânico. 

A segunda fase será a realização do Estudo de Prontidão Tecnológica e a Jornada Amazônia 4.0 com a elaboração de análise da maturidade tecnológica, capacitação dos colaboradores em tecnologias 4.0, testbed (plataforma virtual) na empresa, em alinhamento com os princípios da Indústria 4.0. 

Os produtos previstos, por empresa, são:
 •    Relatório de Prontidão Tecnológica; 
•    Roadmap (plano de ação) de transformação digital e atualização tecnológica com metas de ganhos de produtividade;  
•    Treinamento das empresas e qualificação de colaboradores no conceito 4.0; 
•    Implantação de pilotos da indústria 4.0; 
•    Monitoramento e avaliação dos resultados obtidos na realização do projeto piloto em 20 empresas.
 

Os resultados potenciais esperados do processo de transformação digital são ganhos de capacidade produtiva; redução no custo de operação; aumento da visibilidade da cadeia logística e ganhos de eficiência.

SERVIÇO

Webinar de Lançamento do projeto Jornada Amazônia 4.0
Data: 31 de março (quarta-feira)
Hora: 14h (em Manaus); 15h (em Brasília)
Local de transmissão: 

Youtube da ABDI  youtube da SUFRAMA

Participantes do webinar:

Presidente da ABDI: Igor Calvet
Superintendente da Suframa: Algacir Polsin
Gerente da Unidade de Difusão de Tecnologias da ABDI: Bruno Jorge
Presidente da FIEAM: Antônio Carlos da Silva
Presidente da CIEAM: Wilson Périco
Subsecretária de Supervisão e Estratégia da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec/ME): Luiza Deusdará