ENCONTRE AQUI

HUBTEC – Um espaço voltado para ETECs

A ABDI lançou a plataforma HUBTEC, um espaço virtual sobre Encomendas Tecnológicas em prol do desenvolvimento tecnológico da indústria e da modernização dos governos

CCOM | 23/09/2020

Um espaço virtual que reúne informações sobre Encomendas Tecnológicas. Essa é a essência do HUBTEC, uma plataforma lançada pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e que reúne diferentes informações relacionadas ao tema ETEC, como a legislação, casos de sucesso, boas práticas, conteúdo técnico e eventos.

A plataforma foi lançada em evento online organizado pelo Governo Britânico e pela Connected Places Catapult, e que reuniu o presidente da ABDI, Igor Calvet; Liz Davidson, encarregada de Negócios da Embaixada Britânica no Brasil; Nicola Yates, CEO da Connected Places Catapult; Andre Rauen, Diretor do Ipea; e Malcolm Harbour, Associado da Connected Places Catapult.

Acesse o HUBTEC

“As ETECs surgem como alternativa a esses modelos tradicionais de investimentos em inovação, seguindo uma lógica distinta. É uma intervenção pública na área de ciência, de tecnologia, de inovação no qual o estado é o demandante”, explicou Igor. Ele destacou que o HUBTEC é “um esforço de rediscutir o sistema de inovação brasileiro que se encontra excessivamente concentrado em instrumentos que atuam pelo lado da oferta”, disse. 

O presidente da ABDI lembrou a experiência do Reino Unido como Estado inovador e formulador de políticas, demandando e buscando resultados, e citou a experiência da vacina de Oxford para a Covid-19. “A tecnologia não é tão somente um fim. É o meio no qual Estado e empreendedores compartilham certos riscos tecnológicos – e não necessariamente um ganho imediato -, mas o esforço tecnológico que será feito para melhorar a vida das pessoas”, explicou.

Liz Davidson, encarregada de Negócios da Embaixada Britânica no Brasil, destacou que a ABDI tem trabalhado para apoiar o avanço da agenda de compras públicas de inovação no Brasil. “Os governos no mundo inteiro estão percebendo a importância e o poder das compras públicas para resolver os desafios globais, aumentar a produtividade, impulsionar a inovação e garantir o valor do investimento”, disse. De acordo com ela, o momento não poderia ser mais relevante do que o atual em que a economia sofre os impactos da Covid-19. “O Brasil tem um grande exemplo em compra de inovação na área de saúde, com a vacina da Universidade de Oxford que já está sendo testada por aqui”, lembrou.

Malcolm Harbour, Associado da Connected Places Catapult, também mencionou a atuação do setor público no Brasil relacionada às vacinas e salientou que o setor público já começou a perceber que a compra pode resolver muitos problemas difíceis, liderando inovações radicais. Segundo ele, as compras inovadoras não são apenas uma forma de encorajar parcerias mas também de alimentar inovações na economia.  “Como isso é importante para o Brasil”, afirmou.

O HUBTEC é uma iniciativa da ABDI juntamente com o IPEA “para mudar o mindset do país”, definiu Andre Rauen, diretor do Ipea.  Ele ressaltou que o HUBTEC “nada mais é do que uma plataforma que pretende criar uma comunidade de práticas para resolver problemas e produzir soluções práticas e efetivas para o setor público”. Andre Rauen enfatizou ainda que o objetivo do HUBTEC é responder a problemas concretos dos gestores “para que encontrem soluções que mudem efetivamente os problemas das pessoas. A gente quer a vacina, a despoluição de rios e lagos e soluções para problemas de mobilidade urbana”, concluiu.