Presidente da ABDI participa do Móbile Private Network Fórum

Presidente da ABDI participa do Móbile Private Network Fórum

O presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, participou hoje (12) do Móbile Private Network Fórum, evento que reuniu os principais representantes do mercado nacional de telecomunicações e que discutiu o mercado de redes privativas móveis no Brasil.

Calvet integrou o painel "Perspectivas para o mercado de redes privativas celulares no Brasil" e apresentou alguns dos resultados alcançados pela Agência em projetos voltados para o incentivo do uso da tecnologia 5G na indústria, no agronegócio e nas cidades.

“Quando comecei minha atuação à frente da ABDI, os projetos de difusão tecnológica eram voltados para o desenvolvimento da indústria 4.0. Vale dizer que essa era uma discussão global. Mas que não decolou porque faltava uma tecnologia habilitadora”, explicou.

Calvet contou que os técnicos da Agência, então, viram uma oportunidade no uso das redes privativas de 5G para que o setor produtivo pudesse rodar projetos pilotos para testar e estudar a viabilidade do uso dessa tecnologia em ambiente industrial.

Para possibilitar a execução do projeto, a ABDI fechou uma parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que liberou o uso das redes privativas. Atualmente, os projetos da Agência estão sendo rodados na indústria com a WEG e no agronegócio com a fazenda Alta Mogiana, na parte de usina de cana de açúcar. 

“Os resultados são bastante expressivos e acreditamos que a disponibilização da tecnologia 5G para uso do setor produtivo vai permitir o uso de diversas aplicações tecnológicas e digitais, implicando necessariamente aumento de produtividade e, consequentemente, da competitividade nacional”, afirmou.

Prêmio ABDI Anatel
Na ocasião, foi anunciado o Prêmio ABDI e Anatel de Redes Privativas, concurso que selecionará, em quatro categorias, os melhores usos de redes privativas sem fio no Brasil. A parceria entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial e a Agência Nacional de Telecomunicações, cujo resultado será anunciado no dia 11 de agosto, coletará informações dos serviços utilizados para mensurar o impacto que as redes de telecomunicação voltadas a soluções específicas têm nos negócios do setor produtivo nacional.

Para participar do concurso, a entidade que faz uso da rede privativa ou a prestadora de serviços de telecomunicações responsável pela infraestrutura e operação da rede deve responder os questionamentos que integram a Tomada de Subsídios nº 20/2023, que estará disponível no Sistema Participa, da Anatel, entre 12 de julho e 2 de agosto.

– > Saiba mais sobre o Prêmio, clicando aqui.

 

 

Multimídia

MetaIndústria

Mais Vistas