Projeto da ABDI aumenta produtividade de empresas em Londrina (PR)

Inciativa para aprimorar Manufatura Enxuta fez indústrias terem ganho de 28% nas linhas de produção

As empresas de Londrina (PR) que adotaram o projeto de manufatura enxuta aplicado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial tiveram um ganho de produtividade de 28%. O resultado será apresentado no Workshop de Encerramento e Avaliação do Programa Lean ABDI/FNQ, nesta quinta-feira (25), na sede do Sebrae local.

A iniciativa na cidade paranaense envolveu nove indústrias de setores variados como de cosméticos, farmacêutico, médico, mobiliário, dentre outros. A média de produtividade das práticas Lean antes do apoio técnico da ABDI era de 1,88 e saltou para 2,41 após a experiência nestas empresas de Londrina.

Para o coordenador de Adensamento Produtivo da Agência, Roberto Pedreira, a iniciativa pode gerar impactos no município como um todo. “O projeto pretendia o aumento da produtividade, fato alcançado. Mas além disso, ele torna as indústrias mais competitivas, aumentando a potencialidade da região e a empregabilidade”, aponta.

O projeto foi realizado entre o fim de 2017 e o início deste ano. As empresas participantes foram selecionadas pela Rede Nacional de Produtividade e Inovação (Renapi), braço da ABDI responsável por promover inovação no interior do país.

“Os consultores ajudavam as empresas a identificar os gargalos na produção e apontavam possíveis soluções. As mudanças, normalmente, passam por alguma alteração no layout da empresa ou forma de organização. Pode ser algo simples, como a melhor identificação das ferramentas”, relata Pedreira.

Londrina foi uma das três cidades no Brasil que recebeu o projeto de Manufatura Enxuta (Lean Manufacturing), assim como Cacoal (RO) e Sorriso (MT).

Serviço – Workshop de Encerramento do Projeto Lean ABDI/FNQ
Data: Quinta-feira (25/10)
Horário: A partir das 8h
Local:  Sebrae – Av. Santos Dumont, 1335, Aeroporto – Londrina (PR)

Multimídia

MetaIndústria